terça-feira, setembro 29

Fraldas para cão, não?!

Um dia destes, estaria eu disposta a fazer um passeio pedonal com o meu pequenote, quando de repente, o que deveria ser um passeio tranquilo, pacífico, tornou-se numa espécie de salto em barreiras, corrida de obstáculos, salto em altura, e tudo o que possa ser assemelhado a isto… Pois é, eu bem queria um passeio calmo, sem grandes zigzags, mas de repente entramos num campo armado, em que qualquer passo em falso poderia significar pisar uma mina!
E tudo isto porquê?! Porquê?! Perguntam vocês, e bem! Também eu me questionei! Mas PORQUÊEEEEEEE?!?!?
Porque o chão, naquele dia, e na verdade na maior parte dos dias, parece uma ÚNICA sanita de cão! Gostava de entender as pessoas que passeiam os cães, perceber se elas estão tão habituadas a este regime em casa, perceber se também o fazem assim… Perceber se são daquelas para quem os animais são como filhos, mas que não se importam que eles deixem os presentes em qualquer lugar… Como será a entrada da porta destas pessoas?! A sala? Ou até mesmo o quarto?!
Aiii não é assim?! Então, por que razão as pessoas levam os seus animais (quase filhos) a passear, e esquecem-se do mais importante: as fraldas!!!
Claro está, que me imaginei logo a levar a passear o meu pequenote, de trela (poderia ser, que até existe), e sem fraldas, deixá-lo arejar em qualquer lugar, e depois, cinco minutos depois, continuar o percurso como se nada fosse… Gostaria de ver a reação deste tipo de donos, se posteriormente, passasse pelo mesmo local que nós, e (coitado!) o seu puppy pisou a caca do meu filho! E, se caso reparasse no incidente, talvez quisesse limpar.. Mas, como não sai de casa prevenido, não tem com quê! Em caso de não reparar, gostaria tanto de o seguir até à porta de casa e ver o lindo cãozinho a marcar o chão da casa…
É nojento, sim! A mim faz-me muita confusão! E claro está… que no Verão, quantas vezes já nos sentamos no chão do parque?! Ou nos deitamos (com uma simples toalha), ou até já comemos em cima do jardim… Sim, não colocamos lá os alimentos, mas certamente as mãos passaram por lá…

Fonte



Donos, pais dos animaizinhos, respeito-vos muito, por isso, fazei o favor de respeitar o espaço que não é apenas vosso, os vossos filhos, sobrinhos, afilhados…

terça-feira, setembro 22

Renovar roupeiros de forma económica

Todos nós nos deparamos com “Decoração”, “Orçamento”, “Tempo”. Estes são três fatores que influenciam as nossas escolhas no que toca a decoração!
Como renovar sem gastar muito?! Simples! Com papel autocolante, TUDO é possível!! J
Cá em casa, tenho imensas coisas forradas a papel autocolante, não por ser fanática (talvez, se pudesse, as coisas seriam feitas de outra forma), mas por gostar da facilidade e economia que fazemos quando decoramos com papel autocolante!
E, não precisa ser daqueles rolos que se vendem em lojas de decoração (bem mais caros), os mais baratos, de 1,5 €, que se encontram facilmente em lojas “de pechinchas” servem perfeitamente!

Hoje venho partilhar a renovação das gavetas do roupeiro do meu filho (para todos os efeitos é a cómoda dele).





P.S: As etiquetas brancas, já danificadas, podiam ser meramente estragos no papel, ou tentativas do pequenote em se tornar artista, mas não!! As casadas, mães de filhos, como eu, saberão da necessidade de identificarmos os roupeiros para os pais não terem motivo para dizerem que não se orientam com as roupas dos mais pequenos.
Escusado será dizer que, não se orientam de forma alguma! Mas, vá, quem ainda não tentou esta estratégia?! ;)



sábado, setembro 12

Cuidar da casa: Limpeza

Uma das coisas que mais me agrada na casa é aquele cheirinho a limpo, que fica depois de passarmos a esfregona no chão. Mas, o que mais me custa é ter que colocar as mãos no detergente (sim, as luvas raramente são utilizadas). Mas, a pensar nesta situação, inventaram esfregonas que simplificam esta tarefa. E ainda bem! J
No Jumbo, apareceu uma esfregona de marca branca, igual a outras que vemos por aí, mas a um preço bem mais acessível. Por 12 euros (sensivelmente) trouxe uma comigo e já fez as honras da casa. Passou ao primeiro teste, e já está à espera de novas utilizações! Espero que se aguente pelo menos até ao próximo ano, ahah!



Aspetos Positivos:
+ Prático
+ Rápido

Aspetos Negativos:
- Material pouco robusto

terça-feira, setembro 8

Higiene Dentária na Infância - Parte 1

As férias, e a sua fuga à rotina habitual podem constituir-se como perigosas ameaças à higiene dentária. As crianças preferem a brincadeira, ao invés de estarem 5 minutos na casa de banho a cuidarem da sua higiene. A criança cá de casa não fugiu a essa ameaça, e tornou-se mais preguiçosa para desempenhar esta tarefa. Mas, como estamos na fase de preparação para a escola, todos os cuidados são necessários para derrotar a ameaçadora PREGUIÇA!!! J
Assim, e para começar este treino promissor (ahahah), preparei a minha melhor armadura, arregacei as mangas e iniciei as buscas pelo “pai Google” (que nunca me desilude). Como era de esperar encontrei imenso material sobre o tema… O problema é selecionar a quantidade de informação!! Mas, cheia de vontade, lá estive a ler e ler, e a tentar perceber por qual das frentes atacava primeiro! (ahah) 
Depois de decidir o plano, executei-o, pois passou pela visualização de alguns vídeos animados – as crianças adoram vídeos!! A minha já tem a lição bem estudada, e já ensinamos o papá quais os procedimentos corretos!
Aqui vão os vídeos que selecionei e que julgo ajudarem bastante a motivar a criança para esta higiene:









No próximo post sobre higiene dentária deixarei algumas estratégias que podem ser utilizadas no dia-a-dia, e veremos como as mesmas têm corrido por aqui J

Até lá, Boas Lavagens ;) 

sexta-feira, setembro 4

Ensinar sobre Segurança

Setembro é o mês de agir! Durante bastante tempo elaborei uma lista que gostaria de realizar, e até ao final do ano quero deixar as minhas realizações terminadas. Quero que este ano, ao contrário do ano anterior, seja um ano muito produtivo a nível pessoal e familiar!

Um dos assuntos sobre o qual me tenho debruçado prende-se, obviamente, com a educação do meu filho. 
De entre vários temas que tento explorar e trabalhar com ele, a segurança é talvez dos que mais medo me provoca. Numa das pesquisas, encontrei a Associação Portuguesa de Crianças Desaparecidas (para mim desconhecida). O que me levou até ela foi um manual que eles criaram em conjunto com a Guarda Nacional Republicana: “O Meu Manual de Segurança: Regras e Atividades Pedagógicas”. Depois de o "desfolhar", gostei bastante e, por isso, partilho aqui.


Deixo o link para que possam fazer download, imprimir, e trabalhar com as vossas crianças!




Sobre o tema, prefiro nem falar, para não dar asas a pensamentos menos bons, porque este é, provavelmente, o meu maior medo enquanto mãe.



quarta-feira, setembro 2

Bem Vindo Setembro!

Bem Vindo Setembro!

Para trás fica (quase) um mês de férias, longe de casa. Que bem que souberam estes tempos. Sabe sempre bem ver coisas diferentes, sair da rotina, experimentar coisas novas, conhecer novos locais. Já há muito tempo que não tínhamos férias, mas este ano foram bem merecidas!
Desta vez, a passagem mais marcante foi por Mértola. Quem diria que esta terra teria tanto para conhecer?

Um pequeno resumo sobre Mértola pode ser encontrado no website da Câmara Municipal:

“Com vestígios que remontam ao Neolítico, o Concelho de Mértola apresenta, actualmente, sítios arqueológicos que nos permitem regressar ao passado sem a ajuda da máquina do tempo.
As escavações arqueológicas iniciadas em finais da década de setenta e as informações recolhidas no início do século pelo arqueólogo Estácio da Veiga deram a conhecer uma Mértola bem mais antiga do que as fontes escritas testemunhavam. Edifícios de grande monumentalidade permitem que qualquer visitante identifique a presença dos romanos na então Mirtilis e na Mina de S. Domingos.
Apesar da concentração de vestígios na Vila de Mértola (Criptopórtico, Torre Couraça, casa romana e vias romanas), podem também encontrar-se vestígios de menor dimensão em todo o Concelho.”

Deixo algumas fotos de Mértola (poucas, capturadas com o telemóvel, porque as da máquina ainda não as transferi)












E, para Setembro… Teremos muitas novidades!