quarta-feira, agosto 31

O Gabriel sentiu-te mexer pela primeira vez!

O post de hoje é mega especial! É sobre um momento único, tão encantador...

No outro dia, o Gabriel sentiu a mana mexer na barriga pela primeira vez.

Coloquei-lhe a mão por cima da barriga, e ele foi sentindo, de forma muito ténue os movimentos da bebé.

Diz ele: "Sente-se assim uma coisa levezinha."

Entretanto, ela mexeu com mais força. Ele colocou novamente a mão e esperamos o próximo movimento.
Foi um movimento bastante intenso, e o Gabriel sentiu-o tão bem. A sua expressão facial foi do género "UAU! Agora é que senti mesmo muito!"
Depois de tirar a mão, ele disse: "Senti mesmo muito. É o braço ou a perna?"
Eu digo-lhe: "Deve ser a perna, foi com bastante força..."
Diz ele: "É mesmo a perna. Foi um pontapé."

E, colocando a mão sobre a barriga falou com a mana, dizendo algo que nunca esquecerei:
"Sou o mano mais velho, mana. Vou proteger-te dos maus, por isso vou ser o teu cavalheiro"

Estas palavras tão sinceras soaram-me a poesia...
Tão bom presenciar que esta ligação de afeto começa a ganhar força.

O Gabriel é um verdadeiro príncipe, e será o cavalheiro perfeito para a sua mana.

Look do Gabriel #4

Olá!

A semana passada o Gabriel não trouxe o look. Mas, esta semana já está cá novamente, para nos mostrar o seu look de fim de semana.

É um look menos descontraído, e por isso, não há sorrisos para ninguém (ahahah)




Sweet: Presente de aniversário (não sei a loja de compra)
Calças: Primark

Bom dia :)

Uma mensagem de bom dia, e nem sabe o bem que lhe fazia ;)

Já desejaram Bom dia a alguém hoje?

A barriga já se nota. :) 20 semanas uma nova vida <3


terça-feira, agosto 30

Vídeo novo no Youtube

Ontem foi publicado o novo vídeo no canal do Youtube.

Não se esqueçam de assistir ;) 

Partilho convosco estratégias para quem muda de escola, mas que poderão ser utilizadas em muitas das mudanças pelas quais as nossas crianças passam. 

Beijinho e Boa Terça feira!


segunda-feira, agosto 29

Em jeito de despedida...

Agosto está a menos de dias de se despedir de nós.

Como sempre, gosto de fazer uma retrospetiva das coisas que fiz e vivi durante o mês, antes de passar ao próximo. Assim, sinto-me mais forte para enfrentar os desafios que cada mês nos apresenta.

Este foi um bom mês Como todos os outros, avalio sempre cada etapa como boas etapas. As conquistas são sempre as melhores, mas os desafios ajudam-nos a aprender lições e a chegar mais perto da verdade...

Este foi um mês durante o qual me senti reconfortada junto da minha família, junto dos homens da minha vida. Um mês onde descobri que terei uma menina, e a cor rosa fará parte da minha vida, novamente. Foi um mês onde vivi momentos de ternura, compreensão e desafios a três. Foi um mês onde encontrei ainda mais amor dentro da minha própria casa.

Este foi um mês durante o qual partilhei momentos com as pessoas amigas. Algumas apenas por mensagem, outras pessoalmente. Estes são momentos que me fazem tão bem, mas tão bem. São estas as minhas pessoas que orientam as minhas dúvidas, que me apoiam nos maus momentos e felicitam por todos os momentos bons. São as minhas boas pessoas que gostam de mim, com todos os defeitos, e encontram em mim qualidades, que muitas vezes nem eu própria reconheço.
São as minhas boas pessoas que se preocupam comigo, e pelas quais nutro um sentimento de amizade tão puro, tão verdadeiro, que só posso mesmo querer-lhes e desejar-lhes o melhor do Mundo!

Este foi um mês que lutei contra algumas dúvidas e receios. Foi um mês durante o qual iniciei o canal no Youtube e assim, dei vida a mais do que um projeto, a um desafio pessoal.

Este foi um mês onde partilhei convosco momentos da minha vida e as coisas mais importantes na minha vida, desde a gravidez, ao meu Gabriel. Este foi um mês que me senti mais eu, mais completa e, por isso, mais feliz.

Quero agradecer a todos vocês, que durante este mês passaram por cá;
A todos vocês que tiraram um tempinho para ler as minhas coisas;
A todos vocês que dispensaram de uns minutinhos vossos para acompanhar os meus novos projetos,
A todos vocês que mostraram interesse nos meus cantinhos (blog, facebook e youtube) e subscreveram cada um deles.
A todos vocês que passaram por cá e deixaram um carinho, uma palavra, um comentário de feedback.

Quero agradecer a todos os que na vida real me acompanharam.

Quero agradecer, também, aos meus homens por acreditarem em mim. Por não serem egoístas e perceberem que este espaço me faz bem, que é o meu melhor passatempo. Por vibrarem com os meus projetos e darem-me força para enfrentar novos desafios.

O próximo mês será um novo mês, com mais desafios ainda, com mais responsabilidades. Estou preparada para ele, e certa de que correrá da melhor forma possível.



Boa Semana!

Está tudo dito. Boa Semana! 


domingo, agosto 28

Receita da Semana: Bolo de chocolate com creme de ovos

Há algum tempo que não trazia a receita da semana.

Por isso, hoje deixo uma receita mesmo deliciosa:








Ingredientes:
250 g de açúcar
7 claras
200 g de chocolate + coco (a receita original levava amêndoa em pó, mas como não tinha substitui por outros ingredientes)
150 g de farinha
1 colher (chá) de fermento
150 g de amêndoa laminada
Margarina para untar

Para os ovos-moles:
1 dl de água
200 g de açúcar
7 gemas

Procedimento:
1. Preparar os ovos-moles: Leve ao lume um tacho com a água e o açúcar e deixe ferver durante 3 minutos. Numa tigela, bata as gemas, adicione a mistura de açúcar em fio e mexendo sempre, verta novamente para o tacho e leve ao lume, mexendo continuamente, até engrossar. Retire do lume, coloque numa tigela e deixe arrefecer.

2. Unte uma forma com margarina e ligue o forno a 180º. Numa tigela, bata as claras em castelo bem firme adicionando o açúcar aos poucos e batendo sempre. Junte depois o chocolate e o coco, a farinha e o fermente e bata muito bem. Verta para a forma e leve ao forno durante 40 minutos.

3. Retire do forno, deixe arrefecer, desenforme e corte o bolo ao meio de modo a obter duas rodelas. Barre a metade inferior com 1/3 dos ovos-moles, reponha a parte de cima e barre com o restante creme de ovos.

Bom Apetite!

sábado, agosto 27

Resultado das obras: Escritório

Estas duas semanas foram de reformulações. De forma a anteciparmos a chegada do novo membro, e para que as mudanças nessa altura sejam as mínimas possíveis, resolvemos começar já a mudar algumas coisas.
Um dos espaços que precisava de reformulação era o escritório. O local onde o Gabriel faz os TPC's, estuda e faz alguns trabalhos manuais. 
Por esse motivo, queria que a mudança deste espaço fosse realizada antes do início das aulas, para que o Gabriel possa começar o ano com o novo espaço organizado.

Depois de muitas voltas e voltas, e de várias soluções, decidimos que a melhor forma seria reformular completamente o escritório.
Assim, retiramos as duas secretárias do IKEA, que ocupavam bastante espaço, dois móveis 2x2, também do IKEA e colocamos a passadeira elétrica lá dentro. O espaço que restou seria para colocar outras secretárias.

Ora bem... Mandar fazer por medida estaria fora do orçamento. Por isso, e como cá por casa não temos medo de meter a mão na massa, eu lá fiz o projeto, e o meu marido ajudou a executar, na perfeição!

Com as medidas na mão, compramos as madeiras que achamos bem (ficamos com dúvida no tampo, mas não encontramos o que para nós seria ideal). Por isso, dentro das alternativas trouxemos as que achamos melhores.

O resultado foi o pretendido: conseguimos ocupar o espaço vazio com duas secretárias. Uma ficará para o Gabriel e a outra para nós os dois e para os computadores. Isto de ter um informático em casa tem destas coisas...

Ainda construímos uma base para um dos computadores.
Mas, ainda ficou a faltar a base para a impressora, que espero construir antes do início das aulas.

Vocês são como nós? Metem as mãos à obra ou preferem comprar tudo feito?









sexta-feira, agosto 26

Bom dia: para ele e ela!

Bom dia!

Quem adora coisas fofinhas?!

É tão bom começar o dia com elas... :)

(Estas não são as minhas, mas são tão fofinhas)

Fonte

quinta-feira, agosto 25

Menino ou Menina?!

Quem me conhece pessoalmente, sabe que já fui a "louca" do cor de rosa. À custa disso, o meu nome de praxe foi muito bem escolhido. Não irei revelar aqui, mas está diretamente relacionado com esta cor. O cor de rosa fez parte de mim durante anos e anos.

E, parece que a sua história não terá fim!! ;)

Se ainda não sabem é porque ainda não viram o último vídeo do Youtube. Mas, façam de conta, passem por lá e vejam ;)

Até ver, o Gabriel terá uma mana.

E eu, o casalinho mais lindo, fofo e perfeito do Mundo!

(Desculpem-me os outros pais, mas cada um puxa a brasa para a sua sardinha, ahah)

Fonte

Bom dia, Amor!

O amor mora aqui. E aí?

Fonte

quarta-feira, agosto 24

Quando o Gabriel te viu pela primeira vez...

O Gabriel tem acompanhado tudo o que faz parte desta segunda gravidez. Estamos a ter todos os cuidados e a incluí-lo em tudo o que está relacionado com a chegada do novo elemento cá de casa.

Por isso, ele foi connosco às ecografias que já fizemos.

Na primeira ecografia, ele mostrou-se meio incrédulo com o que estava a observar. As imagens das ecografias não são fáceis de entender para uma mãe de primeira viagem (relembro-me de ter imensas dificuldades na primeira), quanto mais para uma criança de 7 anos!!

Por isso, ele saiu de lá com a ideia de que o bebé era um ser muito pequenino, mas não consegui identificar o que fazia parte dele... 
A médica foi muito simpática e ofereceu um fotografia do bebé ao Gabriel, para que ele ficasse com a recordação da primeira fotografia do bebé.

Ele adorou, e veio até casa com a ecografia na mão!

E assim, com esta ecografia, o Gabriel pode começar a compreender melhor que a barriga da mãe estava mesmo a gerar uma nova vida...

Estes momentos são bastante difíceis de explicar, mas ao mesmo tempo são tão especiais.
Nunca esquecerei a carinha do Gabriel a olhar para o ecrã, na esperança de conseguir ver um bebé completo e não parte por parte, a preto e branco, sem conseguir perceber muito bem o que era aquilo...

Gabriel, já faltou mais para conseguires ver ao vivo o que a mamã traz na barriga.

E, não, não é necessário olhar pela garganta para veres que há um bebé. :)



Tarefa do Dia: Ser Feliz

Bom dia!

Aproveitem esta Quarta-feira maravilhosa e sejam Felizes mais um dia <3

Fonte

terça-feira, agosto 23

Sobre aquilo a que chamam Instinto Maternal

«O chamado Instinto Maternal, ou essa coisa que julgam ser meio caminho andado para se ser mãe, é um valor complicado e que reside na modernidade da nossa era...
Há mulheres que nasceram para ser mães e outras, nem por isso. Mas, em ambos os casos, a mulher tem sempre muito amor condensado dentro do seu íntimo, para dar e vender. O chamado Instinto Maternal, ou essa coisa que julgaram ser meio caminho andado para se ser mãe, é um valor complicado e que reside na modernidade da nossa era...
Desde muito cedo, costuma-se ouvir dizer mulheres, que o seu maior sonho é vir a ser mãe. Outras porém preferem ter como ambição uma carreira de sucesso ou um amante imparável, mas sem nunca pensar em vir a ter filhos. Nem todas as mulheres fazem uma festa a uma criança ou brincam com elas. Existem mesmo muitas, que repudiam os mais pequenos, quase como se as mesmas fossem um incómodo a evitar a todo o custo.
Todas as atitudes protagonizadas pelas mulheres da nossa sociedade que não pensam em ter filhos são alvo de uma conclusão precipitada: insensibilidade. Porém, nem sempre o valor da maternidade é o mais desejado e isso, não implica que as mulheres estejam totalmente desligadas do mundo infantil.
Antigamente, a principal meta das mulheres era dar à luz, um rebento forte e saudável como símbolo da sua fertilidade. Hoje, os padrões sociais são diferentes. A mulher procura acima de tudo, um lugar no pódio das profissões às quais apenas o homem, tinha acesso noutros tempos. Afinal, o que mudou? A sociedade ou as mulheres em si mesmas?
Muitas mulheres declaram que esse Instinto Maternal, surge logo à nascença mas, outras afirmam que, esse valor só se desenvolve quando a mulher engravida e que atinge o seu auge, na altura que vai dar à luz. O que significa que, se muitas mulheres ainda não têm dentro de si esse instinto, é porque ainda não chegou a sua hora de ser mãe. Nada mais que isso.
O problema é que atualmente existe muita liberdade de opiniões, e não uma verdade una. Antes o centro da vida era a família, mas hoje nem sempre as pessoas têm essa ambição. Às vezes, tanto a carreira como a família são importantes para o equilíbrio, mas há mesmo quem afirme que com apenas uma das duas, se atinge a estabilidade.
Ser mãe está na base da realização pessoal de uma mulher, pelo menos é a opinião das muitas mães do nosso país. Apercebem-se que estão a contribuir para o desenvolver de um novo ser que depende única e exclusivamente delas, oferecendo-lhes toda a alegria e felicidade que demonstram. Aliás, são cada vez mais as mães solteiras no nosso país, umas por circunstâncias da vida, outras por pura opção pessoal. Esta realidade mostra a emancipação da mulher, que cresce a olhos vistos.
As mães afirmam que matariam pelos seus filhos, morreriam por eles ou fariam o que quer que fosse para os defender, e isso é um ponto em comum entre todas elas: casadas, solteiras, adolescentes ou mais velhas. Ter um filho fascina muitas mulheres, mas outras preferem os dos seus amigos a ter um. Aqui está a questão da liberdade, alcançada após tanto tempo e que agora não se quer perder, envolva o sacrifício que envolver.
O amor pelos filhos é real. Sente-se num toque, num olhar, numa carícia. Sendo a mãe biológica ou não, a mulher atribui todo o amor que tem dentro de si, àquela criatura dependente da sua força e amor. Se ainda não sente aquilo a que chamam de Instinto Maternal não se preocupe, nem julgue ser anormal relativamente às outras mulheres."


Em 2010, escrevi um post sobre isto. Fui reler e não mudaria nada ao que disse naquela altura.
A minha opinião em relação ao instinto maternal mantém-se, tal e qual, 6 anos depois. O que é curioso. Normalmente, com os anos, a nossa opinião muda, mas neste caso, permaneceu igual.
A minha experiência enquanto mulher fez vibrar em mim este instinto por volta dos 20 anos. Na altura, havia sido madrinha pela primeira vez e contactava com imensas crianças. Sentia que as crianças faziam parte da minha vida, e que um dia também teria as minhas.
Na altura, estava longe de imaginar que o meu instinto maternal ganharia corpo pouco tempo depois. Aquele instinto maternal que já se havia criado em mim pode desenvolver-se na sua plenitude. Digo isto, porque sentia que a minha sensibilidade para a maternidade já estava "bem apurada", a gravidez apenas permitiu que essa sensibilidade passasse a ser real...
O nascimento do meu pequeno Gabriel foi o auge de tudo! Adorei o parto do Gabriel, adorei tudo desde as dores, aos momentos de satisfação. Plena Felicidade, assim descrevo o momento em que o nosso instinto maternal vê frutos!!
Agora, com esta segunda gravidez, sinto que este meu instinto maternal está a um passo de sentir-se realizado... :)
Acho que nós, mulheres, não precisamos ter receio de demonstrar que queremos muito ser mães. É certo que hoje em dia, com os anos de estudo, a dificuldade em estabilizar no trabalho, e muitos outros fatores, fazem com que diga-se sempre "para já não". Mas, sei que, no fundo, uma grande maioria de nós está desejosa disso…
Isto de instinto maternal não tem muito que se lhe diga... Eu acho que nasce connosco... Não é à toa que, enquanto crianças, brincamos aos papás e às mamãs...:)
Coisas belas da vida… É tão bom ser mãe!!
E, ser mãe do Gabriel, ainda melhor!

Vídeo novo: com uma novidade - menino ou menina?!

Bom dia!

O vídeo novo já está no YouTube.
Desta vez, para além do tema da semana - Como contar ao filho mais velho que terá um irmão? -, partilhei uma novidade: menino ou menina?
Não foi intencional, só reparei na edição do vídeo. Por isso,não percam este vídeo! Menino ou Menina?
Ah! E, subscrevam... Não custa nada, e farão uma pessoa tão feliz... <3



Beijinho enorme e Boa Terça-Feira!

segunda-feira, agosto 22

É neste Portugal que vivemos? Em que portugueses nos tornamos?

Esta é a notícia que me chocou: 

Patrões obrigam estagiários a devolver salários

Mas, em que país vivemos? Portugal, em que te tornaste?
Vivemos a ditadura e escravidão dos tempos modernos?!
Serão estas empresas, que aquela faixa etária que há uns anos nos motivava a prosseguir estudos, em prol de uma carreira melhor e mais sólida lidera? Será esta a faixa etária que, que anos depois, tentam a todo o custo roubar-nos parte desses mesmos objetivos?
Serão estas as empresas, possivelmente lideradas dessa faixa etária, que não tendo oportunidade de obter uma formação superior, nos incentivou a obter uma, para que, mais tarde, em troca dos nossos conhecimentos, usufruíssemos de um salário justo?
Serão estas as pessoas que nos instruíram sobre os valores morais, como a justiça, igualdade e direito a opinião?
E nós, pessoas da minha faixa etária? É isto que queremos para nós? É assim que imaginamos o nosso futuro? É assim que nos imaginamos a envelhecer? A ensinar aos nossos filhos que devem lutar por aquilo em que acreditam? De que forma? Se, nós, que nos intitulamos de nova geração, a geração com mais liberdade, crítica e opinião, permitimos que nos escravizem desta forma? São estas as condições em que queremos continuar a viver?
Sejam, por vocês, pelos vossos filhos, pelo vosso futuro, revolucionários dos vossos próprios direitos, dos vossos próprios objetivos, dos vossos próprios valores.
Não foi este o vosso sonho. Deixaram de acreditar nele? Lutem, por ele! Não deixem que esta bola de neve continue desta forma. Utilizem os vossos direitos.
E estas entidades? As mesmas que permitem o início destas fraudes? O que ireis fazer? Continuar à espera de queixas formais?! Como poderão existir? Se muitas vezes, é nas vossas instalações que a falta de informação existe? Se muitas vezes, é nas vossas instalações que os conselhos nos são dados?! Que, muitas vezes, tomando conhecimento das situações, nos respondem “você é que sabe o que quer fazer em relação a isso. Mas, fazer queixa dará muito trabalho, e as consequências poderão ser piores…”?
Em que Portugal vivemos?!
Em que portugueses nos tornamos?!

Boa Semana!

Não há nada melhor do que saber aproveitar a vida!

Por isso, estejam onde estiverem, façam o que fizerem, depositem paixão nas vossas ações. E, sejam muitoooo Felizes!

Boa Semana!

Fonte

domingo, agosto 21

Semana de Mudanças!

Olá! 

Queria deixar-vos um abraço bem apertadinho, e desejar um Ótimo Domingo!

Estes dias têm sido de muitas mudanças cá em casa e, por isso, não consegui vir ao blog assiduamente.
Peço desculpa por isso...



Espero que continuem desse lado e acompanhem tudo o que andamos a fazer. Deixarei tudo aqui, brevemente ;)

Beijinho enorme*
Lu

quarta-feira, agosto 17

Acordar cedo...

... só para jogar minecraft?!

Lembram-se de quando éramos pequenos e os nossos pais nos diziam: "Só acordas cedo porque te interessa", "Só acordas cedo porque hoje é dia de passeio."?!

Pois... O Gabriel fez-me relembrar essas lengalengas e a minha vontade foi de desatar a rir.

Estes dias, o pai prometeu-lhe que ele jogaria Minecraft pela manhã (o jogo que ele adora e do qual já vos falei aqui no blog).

Ele tinha deitado tarde, estava com a rotina de sono das férias, literalmente (deitar tarde, acordar tarde e por aí fora).
Na noite anterior, ele insistia que não tinha sono (quem nunca fez isso, hein?). Nós alertamos que era preferível dormir, para conseguir acordar cedo. Pois, se não houvesse tempo para jogar, ficaria sem efeito...

Não é que o sacana do miúdo pôs-se a pé ao mesmo tempo que nós?!

E diz ele, muito prontamente: "Estou cheio de força. Olha, olha quanta força tenho. Eu acordo sempre forte!"

E pronto, foi assim que nos convenceu de que é mesmo verdade que os interesses e a motivação existem desde cedo.

Um bem haja ao Minecraft!

Acho que no 1º dia de aulas vou prometer-lhe um joguito antes das aulas. Talvez facilite na hora de acordar.... :) 



Look do Gabriel #3

Hoje é dia de look. E, pela 3ª vez consecutiva, trago-vos o look do Gabriel.

Um look bem colorido, com as cores do Verão. 


Tshirt: Primark
Calças: Primark
Sapatilhas: NIKE (SportZone)

(A foto está (mal) alterada, porque ando a fazer umas experiências no photoshop, ahah)

terça-feira, agosto 16

Já se passaram 7 anos? OMG! Passaram mesmo!!

Hoje o dia foi de arrumações. Voltei a arrumar as pastas das fotografias e dos vídeos... Claro que esta é daquelas tarefas que nunca termina. Se não me perdesse no meio de todas as recordações, talvez já estivesse terminada. Mas, é impossível passar pelas fotos e não parar...

Hoje fiquei a pensar como é incrível como o tempo passa. Já se passaram 7 anos desde que o Gabriel nasceu, desde que a minha vida mudou radicalmente, para melhor.



Gabriel,
Não sei o que seria de mim, quem seria eu, sem ti.
Não sei onde estaria e como seriam os meus sentimentos.
O mais provável seria sentir um vazio. Não imagino a minha vida de outra forma.
Surgiste numa altura de mudança nas nossas vidas, mas ao mesmo tempo tão mágica.
Nasceste e fizeste-me renascer contigo.
Por ti, fiz de tudo para me adaptar à nova vida e à nova condição, de mãe.
Por ti, dei tudo, mudei de rumo, de objetivos.
Por ti, posso dizer que nasci de novo, me reinventei.
Deixei de ser a menina e passei a ser a mãe, a mulher.
Não foi a transição mais fácil do mundo, mas foi, sem dúvida, a mais maravilhosa de todas. A única que eu repetiria quantas vezes fossem necessárias só para te ter de novo, se assim fosse necessário.

Tu serás sempre o menino dos meus olhos, o meu maior tesouro.
Foi contigo que aprendi a ser mãe, que aprendi o que é amar incondicionalmente.
Foste tu que me ensinaste o que é amar, o que é cuidar.
Foste tu que abriste o meu pensamento a novas descobertas. 
Foste tu que me ensinaste a ser mãe.
Foste tu. E continuas a ser.

Tu és, sem dúvida, o filho mais perfeito que eu poderia ter.

Amo-te mais do que tudo, mais do que o infinito.
Amo-te até ao Universo e mais além!


Pensar e repensar como o tempo voa, dá-me ainda mais vontade de o aproveitar a cada dia, com a máxima intensidade. Dá vontade de te apertar e de olhar para ti, de apreciar cada gesto teu, cada conquista, cada movimento...

Amo-te, e amo-te mais ainda a cada dia que passa!

Com amor.

Bom dia :)

Depois de um fim de semana prolongado, a semana vai passar mesmo rápido ;)

Com a barriga a crescer, esta é a melhor frase do dia :)

Bom dia!

Fonte

sexta-feira, agosto 12

quinta-feira, agosto 11

Sessão Fotográfica Grávidas - Evolução da Gravidez

Uma das minhas grandes paixões é a fotografia. Por isso, já andei a pesquisar ideias de fotos para fazer durante a gravidez.
Veremos o que conseguirei fazer...

Vocês registaram ou estão a registar as vossas gravidezes? De que forma?

01

02

03

04

05

06

07

08

quarta-feira, agosto 10

O Gabriel tem pele de Galo!

Parece que andávamos todos enganados em relação ao Gabriel.

Estes dias, numa ida à praia:

Eu: Tens frio?

Ele: Não.

Eu: Estás com pele de galinha.

Ele: Não, não estou. Estou com pele de galo, porque eu sou rapaz.

E, pronto, lá aceitei. No fundo, até tem a sua lógica.

Por isso, esqueçam esse ditado de dizer que todo o mundo tem "pele de galinha". Afinal, isso é apenas coisa de mulher...


(ahahah)

Fonte

Look do Gabriel

O Gabriel traz-nos novamente um look do dia. É algo bem simples e confortável.

Os óculos dão aquele ar de Verão, e deixam-no ainda mais estiloso.
(cof, cof, não sou nada modesta a gabá-lo, ahah)






Tshirt: Primark
Calças: Primark
Sapatilhas: Puma (SportZone)
Óculos: Loja Local

Bom dia Heróis!

Bom dia a todos os heróis que lutam contra a destruição dos fogos nos vários pontos do País.

Que sejam iluminados por muita força, coragem e persistência.

Eles são, sem dúvida, dos maiores heróis deste país.

Fonte

A todos os (des)humanos que colocam em risco a vida da natureza e obrigam todos estes heróis a mostrar a sua valentia;
A todos estes (des)humanos que colocam tantas pessoas e animais em risco, os votos de bom dia são ainda maiores.
Que sejam iluminados com um coração bom, pois certamente não o terão.

(Não vale a pena desejar-lhes mal, o mal existe dentro deles...)

terça-feira, agosto 9

segunda-feira, agosto 8

Virei Youtuber?!

Olá!

Algumas pessoas já sabiam deste novo projeto, outras não. Quem me conhece pessoalmente, sabe que prefiro a escrita à comunicação oral.
No entanto, acho que são os desafios que nos fazem crescer. E, chegou a hora de me desafiar. Depois de muito tempo, o projeto de ter um canal no Youtube sai, finalmente, da gaveta.

Deixo-vos o primeiro vídeo do canal.
O som não ficou muito "alto", dada a minha inexperiência. Mas, prometo melhorar já no próximo vídeo.

Espero muito que vocês gostem, e que fiquem desse lado para assistir.

Ah! E, subscrevam o canal. :D



Um beijinho enorme e um abraço muito apertado!
Sejam Felizes <3