terça-feira, março 28

Higiene Oral: 10 Dicas para ajudar na Hora de Lavar os Dentes

Fui contactada pela Star of Service que, gentilmente, cedeu um texto relacionado com a higiene bocal. Há muito muito tempo falei sobre isso aqui.

No entanto, e apesar de pretender voltar a falar sobre o tema, acabei por não o fazer, por diferentes circunstâncias e motivos.
Por isso, quando vi o texto que eles me enviaram, aproveitei :) Não podia vir em melhor altura. Como já falei aqui, o Gabriel já perdeu o seu primeiro dente de leite e, por isso, está no início da mudança de dentes. Haverá melhor altura do que esta para reforçar esta aprendizagem?
Depois de reler o texto, gostei tanto que nem sequer me dei ao trabalho de o alterar. Acrescentei apenas algumas realidades nossas.
Concordo com tudo e concordo com as 10 dicas sugeridas. Leiam e digam-me se concordam também ;)

Vá-se lá entender porquê, são raras as crianças que gostam de lavar os dentes. Há as que fingem que estão a lavar (típico do Gabriel, de vez em quando), há as que fogem e se escondem debaixo da cama (isto nunca aconteceu cá por casa, mas achei imensa piada à ideia) e há as que choram durante todo o processo, como se o mundo estivesse à beira do fim! Obviamente, também há crianças que gostam de lavar os dentes… se bem que, talvez gostem mais do facto de estarem a mexer na água do que de estarem efetivamente a lavar os dentes…

E como, gostando ou não, os dentinhos têm de ser bem escovados para evitar cáries e outros dói-dóis, aqui ficam algumas dicas que podem ajudar as mamãs e os papás a convencer os pequenos.

1.     Use uma escova macia para não magoar as gengivas e adaptada à faixa etária, e escove suavemente. Se o processo os magoar, ainda vai ser mais complicado de os convencer na próxima vez. Para bebés há escovas próprias, com uma área bem mais pequenina para escovar os dentinhos.

2.  Use uma pequena quantidade de pasta de dentes. Se reparar, a maioria das escovas de dentes de crianças e bebés têm alguns dos pêlos com uma cor diferente, o que geralmente corresponde ao tamanho da ‘bolinha’ de pasta de dentes que é necessário usar. Por acaso, só no outro dia aprendi que a quantidade a utilizar deve ser semelhante à unha do dedo mindinho. Vocês sabiam? E eu a pensar “Ai o desperdício de pasta que já fiz…”


3.    Compre uma escova com bonequinhos, ou um copo de plástico com a personagem referida do seu filho e tente criar um momento divertido à volta hora de lavar os dentes. Isto é muito importante. Então, se puder ser oferecido por um professor, dentista ou outra pessoa influente para a criança, tanto melhor…

4.   Deixe-o experimentar a segurar na escova e a fazer tudo sozinho. Não irá ficar bem lavado ao início, mas vai fazer a criança interessar-se pelo processo e querer aprender. Tente, por exemplo, deixá-lo fazer sozinho de manhã, ou depois de uma refeição, e diga que à noite é sempre a vez da mãe ou do pai. Assim, vai garantir que os dentinhos são bem esfregados antes da hora de dormir.

5.  Faça trocas. A mãe lava os teus dentes e tu lavas os da mãe. Vai ver que com muita risada e brincadeira, vai conseguir lavar bem os dentes do pequeno.

6.     Crie uma rotina desde bebé. Lave os dentes de manhã, à noite e depois das refeições. Talvez não valha a pena tantas vezes logo no início. Mas se o processo estiver a correr bem, vá aumentando a frequência e explicando que assim está a proteger os dentinhos. Se iniciar o processo desde a altura dos primeiros dentes, vai ser já tão normal quando forem maiorzinhos e se aperceberem do que estão a fazer, que nem irão achar estranho. Claro que haverá fases em que vai ouvir ‘eu não quero lavar mais os dentes’, mas é uma fase. O hábito está criado e apenas terá de vigiar para certificar que os dentinhos estão a ser bem lavados.

7.   Vá com o seu filho ao dentista, esclareça as dúvidas que tiver e peça ao dentista para observar os dentinhos do pequeno. Convém que a criança se sinta à vontade com as idas ao dentista e não associe a nada de doloroso. E o dentista vai certamente dar algumas ‘dicas’ ao pequeno sobre como continuar o ótimo trabalho de lavar os dentes como um menino crescido :)

8.   Pode experimentar explicar o porquê de se ter de lavar os dentes com maior ou menor detalhe, consoante julgue que irá ajudar no processo. E pode mostrar imagens de meninos sem dois ou três dentes, e dizer que isso acontece a quem não lava bem os dentes. É uma meia-verdade, é certo. Mas depois, numa segunda fase, logo lhes explica que quando começam a ficar mais crescidos os dentes de bebé vão cair porque irão nascer os dentes de crescido :)

9.  Não deixe de supervisionar! Mesmo quando a criança já lavar os dentes sozinha, esteja presente pelo menos uma vez por dia e certifique-se de que os dentes estão a ser corretamente lavados. Há cada vez mais casos de cáries em crianças com idade inferior a 6 anos, é preciso ter atenção. Cá em casa supervisiono dia-sim dia-não, mais ou menos. E volta e meia, faço questão de fazer uma “limpeza a fundo”.

10. Dê o exemplo. Se o seu filho não o vir a lavar os seus dentes, vai questionar porque tem de o fazer se a mãe e o pai também não o fazem. As crianças aprendem pelo exemplo. Lave os seus dentes com o seu filho na hora de o ir deitar, e acredite que fará toda a diferença!

O importante é não sermos consistentes com as estratégias utilizadas.



Nenhum comentário:

Postar um comentário